quinta-feira, 24 de março de 2016

Qual é a intensidade da sua fome?
“Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, pois serão satisfeitos.” (Mateus 5:6)
A intensidade da fome e sede por justiça de um discípulo de Jesus fica evidente na sua maneira de relacionar com as pessoas e recursos.
A intensidade da fome e sede de justiça também é refletida na reação que temos diante das notícias que recebemos nos telejornais, na internet, sobre a violência, opressão, escravidão, roubos.
Muitas pessoas reagem com indiferença e pessimismo. Outras pessoas respondem as injustiças com vinganças e com mais injustiça. Mas como deve reagir um cidadão do reino de Deus a injustiça, a opressão? Qual é a responsabilidade de um seguidor de Cristo?
A fome e sede de justiça dos discípulos de Jesus, deve ser refletida nas orações, devemos clamar crendo no Deus que transforma realidades. A fome e sede de justiça deve nos conduzir ao serviço, cuidar daqueles que estão sendo injustiçados, a parti daquilo que temos como recursos e talentos. A fome e sede de justiça deve nos conduzir a uma consciência política, nos ajudando escolher os candidatos que estarão presidindo, governando, administrando, legislando o país e suas unidades federais. Por fim, a fome e sede de justiça deve nos levar a combater todo tipo de pecado, injustiça.
Em Cristo,

Pr. Diêgo
Texto publicado no boletim da PIB Ibirité dia 24/05/2015